sábado, 29 de maio de 2010

Ah, isso é moda?


Sempre me interessei por moda, posso me vestir bem básica, mas consigo reconhecer uma blusa sendo do  Herchcovitch, Maria Bonita, Glória Coelho ou Reinaldo Lourenço, basta treinar o olhar, mas não é dos estilistas que vou falar, sim sobre esse lance de ser fashion ou brega que tanto persegue as pessoas. Primeiro, eu respeito as pessoas que seguem à risca todas as coleções, até as de inverno ( quem mora no Maranhão sabe que a gente não tem estações definidas e, mesmo com chuvas a gente sempre enfrenta um calor miserento). Na minha humilde opinião,  acho que moda é o que te faz se sentir bonita e, principalmente, confortável. Não acho que me sentiria bem com um casaco de frio em plena manhã ensolarada de São Luís, da mesma forma que não acho que a mulher precisa ser gostosa para ser desejada pelos homens. (Bem, isso também depende do tipo de homem que você quer se relacionar. Assunto pra outro post?) Bem,  meu figurino tem charme em alguns detalhes. Sou apaixonada por sapatos (fica a dica, se você quiser me dar um presente Pontuação 36 e amo Melissas) gosto de camisetas bacanas, aquelas que nem todo mundo compra, não é que eu goste de ser diferente, mas não acho agradável andar uniformizada por aí.
Vejamos alguns elementos que gostaria de destacar
Decotes: Não é que eu não goste, eu apenas evito em determinados lugares. Não acho que fica bem trabalhar de regatinha ou com transparência, da mesma forma que calças com cintura muito baixa e justas não deixam o visual interessante. Acho muita sensualidade para a ocasião errada. Guarde as regatinhas para a praia, cinema ou shopping, acho mais adequado.
Xadrez: Bem, a moda folk de vez em quando chega se achando a dona da razão e quer invadir o guarda-roupa alheio. Acho que em bermudas, calças e em alguns acessórios fica legal ( já vi umas bolsas ótimas), mas em blusas é complicado. Já experimentei e só veio na cabeça aquele visual grunge da década de 90 e virar uma lenda urbana, nunca foi a minha intenção. Admiro quem usa, é uma atitude de coragem, mas passageira, em breve, vai ter que guardar de novo, pois daqui a pouco os fashionistas vão odiar, assim como aconteceu com as calças bag e com a de cintura alta ( que voltou e até demora por aí)
Listras: Essas são perfeitas. Eu gosto de listras, elas ficam bem. As magras e com pouco peito (meu caso!) podem usar as horizontais sem medo de parecer peituda igual a uma atriz pornô. Das verticais se você quer parecer mais magra é legal. Quando uso, acho que tenho a cintura da Thalia e olha que nem preciso tirar duas costelas. Ah, calças com listras verticais te deixam parecendo mais alta e com o quadril parecendo mais largo.
Mini-vestidos: Voltou né, mas isso aí depende do gosto de cada uma. Se vocêama as pernas de foras, não tem barriga e se acha a Juliana Paes. Te joga! Agora, é um visual perigoso, pois corre o risco de aparentar vulgaridade. Neste caso, acho bom prestar atenção na maquiagem e nos outros acessórios
Bem, o post não tem a intenção de ser referência de moda, são apenas algumas observações e preferências. Lembre-se, pode ser que aquelas ombreiras estejam na moda, mas se você não acha bonito e não vai se sentir bem com aquilo não use. Moda é um estado de espírito, então preserve a sua confiança e conforto!

2 sobrou pra você!:

4 x Luciana disse...

A pessoa vive badalando por eventos de moda, com certeza sabe bem mais que algumas moçinhas que vestem decotes e transparências, né? pessoa é classuda, de óculos arrogantes e batom vermelho tá na moda, tá meu bem??

NEY FARIAS disse...

MODA É TUDO AQULLO QUE SEI QUE NÃO VOU VESTIR, NA PRÓXIMA ESTAÇÃO.