quarta-feira, 14 de julho de 2010

Delicadeza

Em dias tão atribulados e com muita rispidez deixo aqui uma das coisas mais bonitas que li recentemente. A delicadeza sutil da poesia de Roberto Sampaio. Beto, tu sabes que gosto de quase tudo que escreves, mas o post de hoje revela tanto e significa tanto nesses dias que vou te pedir emprestado para dizer o que sinto

Peixinhos

Tua estadia entre meus pedaços

É tão simples quanto a ilusão.


Roberto Sampaio
 
PS: Apesar de você já ter um, para ti...também dedico os meus peixinhos

1 sobrou pra você!:

Roberto Sampaio disse...

Eu não sabia que um dia existiria essa delicadeza em mim.Justamente por essa rispidez eu também achei que meus peixinhos não iam interessar a ninguém.É bom ser lido... é como se esses peixinhos não existissem só aqui em mim.