terça-feira, 6 de novembro de 2007

Quem cuida da gente??

Hoje vi no noticiário dois casos de violência sexual contra crianças. Ontem vi no jornal que aumento em São Luís agressões contra homossexuais, travestis, as mulheres continuam sendo agredidas e reprimidas, mesmo com a Lei Maria da Penha que já pode ser considerada uma grande conquista. Outro dia ouvi uma música que dizia que " bater em mulher é onda de otário, não gosta do artigo, sái logo do armário", quem dera que as coisas fossem tão simples, que o problema estivesse ligado apenas a questão de preferências sexuais.
A violência é geral e não só um problema de falha de segurança. Os seres humanos realmente embruteceram e pegar alguém na marra e forçar a fazer sexo, pode ser justificada com a frase de que estava sob efeito de álcool e a vítima uma criança de seis anos, pareceu provocar. É díficil ouvir isso sem sentir um soco no estômago. Os religiosos são criminosos e algumas vítimas se apoiam em distúrbios como pedofilia para extorquir quem se submete a isso por causa de um desejo proibido como no caso do Pe. Lancelotti. Aliás, esse assunto ainda não desceu bem na minha cabeça, realmente não sei mesmo de quem é a culpa e nem posso afirmar que houve o ato sexual, mas houve chantagem e, possivelmente, muitas ameaças.
Não pode ser aceitável uma mulher ser espancada na rua porque a confundiram com uma prostituta. O que faz das prostitutas menos mulheres ou menos humanas que as outras pessoas? Por que a porra das diferenças sociais serve ainda paradefinir graus de humanidade das pessoas. E depois dizem que considerar pessoas sem alma pela cor da pele é coisa do passado. Não é não. Vivemos isso todos os dias, de forma mais velada. Nem todo mundo percebe, mas o problema está aí.
Não quero aqui levantar bandeira do " Cansei", mas acho que tá na hora de fazer alguma coisa

3 sobrou pra você!:

Andre S. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andre S. disse...

eita que eu não sei opinar sobre as problemas sociais. até porque são problemas porque são sociais. mas gosto de ver ao menos revolta em textos como este, meu bem. Você me conhece, eu para concretizar as coisas não me saio bem falando. Faço logo, falta ainda conseguir controlar a boca e punho fechado no meio da testa dos malditos! beijos!!

NEY FARIAS disse...

RAIMUNDO MARTINS ESTÁ MORTO.
LONGA VIDA A RAIMUNDO MARTINS.