segunda-feira, 24 de março de 2008

Noites insones

Ando com uma insônia terrivel que se reflete nas manchas escuras embaixo dos olhos e na minha cara amassada todas as manhãs. Penso em tudo, me irrito com os insetos noturnos que zunem nos meus ouvidos como serra elétrica. O calor é grande, não tem janela aberta que dê jeito. O pior de tudo que acordo com o nariz dando sinais de resfriado, talvez de ficar tanto tempo de frente para o ventilador
Vou a partir de hoje abandonar o café noturno e também pretendo diminuir minhas presenças na internet no período da noite. Quero só voltar a dormir, ter uma aparência mais saudável e deixar de me preocupar quando o relógio toca de manhã e eu só ter tirado um cochilo

2 sobrou pra você!:

Yuri Almeida disse...

Muito simpática a forma como você brinca com as palavras, Bruna.

Já tomei, para mim, as memas ações que você diz que tomará. O interessante é que a ausência total dessas cousas fez a minha noite ficar sem uso, à medida que a minha cama ficava cada vez mais ocupada.

E isso fora apenas o começo...

Às vezes, minhas noites eram feitas de um só fôlego, como se, ao respirar, algo estranho fosse se dissolver no ar, junto com o gás carbônico.

Então eu me revisei, respirando pausadamente, e coloquei vírgulas e pontos ao longo das linhas que causavam essa insônia.

Situações diferentes, verdade. Mas tudo bem!

Espero que você também consiga, moça.

Um abraço!

cazeck disse...

cafeína é "bão tamém"... toma mais cedo

bota uma bacia d'água de vez em qndo perto da cama - melhora a qualidade da respiração! [cuidado com a dengüe - como dizia Jamanta...hihihi]

larga de ser fresca - engoma tua cara!
bjos