quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Eu preciso te dizer quê


Quando completei 18 anos entrei em contato tardio com a obra de Caio Fernando Abreu, apesar de já ter visto o curta Sargento Garcia não ligava o autor a obra, mas aí li o conto Aqueles Dois que é uma história delicada de uma relação de amor entre dois homens. É simplesmente lindo.
Anos depois tive contato com outros contos do autor e dos que eu conheço. A grande maioria é perfeita, mas quero destacar Para uma Avenca Partindo que eu me apaixonei na primeira leitura. É quase um roteiro perfeito de um filme ( e já foi adaptado para um curta). Simplesmente magnífico!
Transcrevo um trecho abaixo

[...] deixa eu te dizer antes que o ônibus parta que você cresceu em mim de um jeito completamente insuspeitado, assim como se você fosse apenas uma semente e eu plantasse você esperando ver uma plantinha qualquer, pequena, rala, uma avenca, talvez samambaia, no máximo uma roseira, é, não estou sendo agressivo não, esperava de você apenas coisas assim, avenca, samambaia, roseira, mas nunca, em nenhum momento essa coisa enorme que me obrigou a abrir todas as janelas, e depois as portas, e pouco a pouco derrubar todas as paredes e arrancar o telhado para que você crescesse livremente, você não cresceria se eu a mantivesse presa num pequeno vaso [...]

2 sobrou pra você!:

NEY FARIAS disse...

OI, TUDO BEM? ENCONTREI ESTE POEMA NA INTERNET. NÃO SEI SE VOCÊ GOSTA DO GÊNERO.

dia-a-dia
lua e poetas concretos passeiam no chão correto de perdizes
sampa inunda-se em barracos norte-destinos do brasil liberal-gerou
uma mulher se foi & veio se de longe se sem cajado
assoviando dois rocks pauleiras de arnaldo antunes titã poeta
a mulher gordabaixa de olhos grossos na fotografia da parede sem o
destino calejado dos açuns volta disse que disse que volta
sol de arames e néons na barraca hippie apesar de pós-tudo
goiabada com queijo alfenim farinha seca gaiolas graviolas
bips da voz sem nem vitrolas ora bolas cara desencana orra


(AMADOR RIBEIRO NETO)

Andre S. disse...

eita mas tem poeta nesse mundo, cruzes. hauhasuahsa beijos meu bem. vc conhece minha idéias sobre o Caio, que é lindo. te amo.